Conteudo Skip Navigation LinksCHMT > Comunicação > Notícias
Skip Navigation LinksCHMT > Comunicação > Notícias
NOTÍCIAS
15-09-2017
Parabéns ao SNS
Celebra-se hoje o 38º aniversário do SNS.

Celebra-se hoje o 38º aniversário do SNS.
Neste âmbito o Centro Hospitalar do Médio Tejo saiu à rua. Uma iniciativa que levou o CHMT “à comunidade, com a aproximação à população com os objetivos informar e prevenir”, afirmou Ana Paula Eusébio, vogal do Conselho de Administração.

Em Torres Novas e Abrantes, o CHMT promoveu rastreios à população que incluíram medição de tensão arterial, glicemia e colesterol. Em Tomar realizou-se um workshop sobre alimentação saudável.
Em Abrantes e Tomar o CHMT instalou-se no Mercado Municipal e em Torres Novas na Praça 5 de Outubro.

Estas atividades, que contaram com o apoio das autarquias onde estão instaladas as três Unidades hospitalares (Abrantes, Tomar e Torres Novas), foram recebidas com muito agrado pela população cuja adesão foi muito satisfatória.

Para a vogal do Conselho de Administração, Ana Paula Eusébio, “a realização destes rastreios é uma das principais formas de sensibilizar a população para a importância de adotar estilos de vida adequados e controlar os fatores de risco conhecidos, tais como hipertensão arterial, hipercolesterolemia, tabagismo, sedentarismo e stress psicossocial”, acrescentando que o Workshop sobre alimentação saudável incide “na informação e prevenção da obesidade e diabetes”.

Ana Paula Eusébio deixou ainda uma palavra de agradecimento “aos profissionais que participaram nesta iniciativa, pois só dessa forma se conseguirá atingir os objetivos da melhoria contínua, de forma a contribuir para a Visão, Missão e Valores do CHMT”.

Uma manhã diferente, na celebração do aniversário de SNS, para os profissionais de saúde do Centro Hospitalar do Médio Tejo que mais uma vez foram ao encontro da população.

Nas unidades hospitalares do CHMT a data foi celebrada com um momento de exercício físico, realizado nos átrios da consulta externa, dinamizado pelo Serviço de Medicina Física e Reabilitação e que juntou profissionais e utentes.



11-09-2017
38º aniversário do SNS
No âmbito da comemoração do 38º aniversário do SNS, o Centro Hospitalar do Médio Tejo vai sair para a rua.

No âmbito da comemoração do 38º aniversário do SNS, o Centro Hospitalar do Médio Tejo vai sair para a rua.

O CHMT vai desenvolver atividades nas três cidades onde estão instaladas as suas unidades hospitalares.

  • Em Abrantes vão realizar-se rastreios “Pela sua saúde”, no edifício do Mercado Municipal.
  • Em Tomar será efetuada uma sessão sobre alimentação saudável, que inclui um workshop, no Mercado Municipal.
  • Em Torres Novas vão realizar-se rastreios “Pela sua saúde” na Praça 5 de Outubro.

A atividade decorrerá no dia 15 de setembro entre as 9h00 e as 13h00 .

25-08-2017
Utentes passam a ter acesso online a resultados de exames
A ARSLVT vai dar a possibilidade aos utentes do CHMT e dos Cuidados de Saúde Primários desta zona da região de Lisboa e Vale do Tejo de terem acesso online aos resultados dos Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT) que realizarem.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) vai dar a possibilidade aos utentes do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) e dos Cuidados de Saúde Primários desta zona da região de Lisboa e Vale do Tejo de terem acesso online aos resultados dos Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT) que realizarem.

Esta medida está integrada no Projeto Exames Sem Papel e resulta de um protocolo de colaboração já assinado entre a ARSLVT, o CHMT e os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS). O Projeto Exames Sem Papel tem como objetivo desmaterializar todos os processos relacionados com os MCDT, assim como assegurar que toda esta informação acompanha o utente e os profissionais de saúde em suporte digital.

O primeiro passo será dado com o CHMT, que funcionará como o primeiro ponto de teste regional. Posteriormente, pretende-se alargar, de forma progressiva, esta possibilidade a mais instituições da ARSLVT. Para a presidente do Conselho Diretivo da ARSLVT, Rosa Valente de Matos, “esta ferramenta é fundamental e um marco no reforço do poder do cidadão, que vê, assim, melhorada a acessibilidade e a comodidade no âmbito do Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

Os utentes que derem o seu consentimento vão passar a receber uma notificação, através de um sms ou de um email, logo que os resultados dos MCDT de Patologia Clínica estiverem disponíveis. Depois, basta acederem à Área do Cidadão da Plataforma de Dados da Saúde para consultarem o documento PDF com os resultados dos exames que podem ter sido pedidos tanto no âmbito de uma consulta nos Cuidados de Saúde Primários como numa Consulta Externa do CHMT.

Além de reforçar a aproximação dos cidadãos ao SNS e aos profissionais de saúde, esta medida tem também vantagens para o funcionamento das instituições da ARSLVT, uma vez que promove uma maior partilha dos resultados entre os profissionais de saúde e minimiza o risco da duplicação da realização de MCDT. A desmaterialização dos resultados dos MCDT introduz, ainda, mais segurança em todo o sistema de identificação dos utentes aquando na realização dos exames.

23-08-2017
Workshop alimentação saudável
Mousse de chocolate, chease cake e crepes… sobremesas saudáveis

Mousse de chocolate, chease cake e crepes… sobremesas saudáveis

São jovens que frequentam a consulta de obesidade do Hospital de Dia da Diabetes e trocaram algum tempo das suas férias de verão para aprenderem mais sobre alimentação saudável. A Maria, o Diogo, o Ricardo e o Nuno participaram nos vários wokshop’s organizados pela Unidade da Diabetes e Obesidade do CHMT e, na sessão em que os encontrámos, aprenderam a fazer sobremesas saudáveis. “Na outra vez fizemos pizza”, lembra um dos jovens, assíduo e com vontade de experimentar as sobremesas do dia. E, no workshop dedicado às sobremesas, Joana Gonçalves, nutricionista do Centro Hospitalar do Médio Tejo, começou por colocar os ingredientes em cima da mesa, para depois ensinar as receitas de mousse de chocolate, chease cake e crepes. Sobremesas doces mas saudáveis.



“Este projeto foi desenvolvido para as crianças com excesso de peso e obesidade da Unidade de diabetes e obesidade, durante o período de verão, com o intuito de as educar e dar a conhecer um pouco mais sobre nutrição e escolhas alimentares mais saudáveis”, refere Joana Gonçalves. Nas diferentes sessões os jovens, para além dos ensinamentos teóricos puderam experimentar receitas várias “sejam refeições principais ou snacks para o dia-a-dia”, sublinha a nutricionista.

Nestes workshop’s foram abordadas “temáticas como as diferentes frutas e vegetais, como preparar saladas ou mesmo sobremesas com ingredientes mais adequados do ponto vista nutricional”, explica Joana Gonçalves.

No final de cada sessão os jovens participaram numa aula de educação física “de modo a suscitar o interesse das crianças pela prática de exercício físico regular e evitar que o seu verão fosse um período sedentário”, afirma a nutricionista Joana Gonçalves.

18-08-2017
ALIMENTAÇÃO NO VERÃO: PALAVRA CHAVE – HIDRATAÇÃO
É habitual ouvir-se que a melância é só água, logo podemos comer à vontade; e que os sumos de fruta são super saudáveis, com tal beber 5 por dia é inofensivo. Estes, entre outros comentários são mais comuns nos meses quentes de verão

É habitual ouvir-se que a melância é só água, logo podemos comer à vontade; e que os sumos de fruta são super saudáveis, com tal beber 5 por dia é inofensivo. Estes, entre outros comentários são mais comuns nos meses quentes de verão, em que para combater as temperaturas altas são dadas inúmeras sugestões. Na verdade, todas as afirmações referidas em cima são verdadeiras mas, como em tudo, o segredo está na quantidade!

A melância é de facto riquíssima em água, no entanto, em grandes quantidades possui também um elevado teor de açúcar, assim como todas as frutas. Do mesmo mal padecem os sumos de fruta, em que habitualmente é utilizada bem mais do que uma peça, aumento assim o aporte de açúcar destas bebidas. Que escolhas fazer então, do ponto vista alimentar? Como sempre, os alimentos líder são os legumes e vegetais; consumidos no seu estado natural, possuem mais água e vitaminas do que quando confeccionados. Devem ser consumidas cerca de 200g de vegetais por refeição, cerca de um prato cheio ou ½ prato e 2 conchas de sopa. Relativamente à sopa, opte por sopas frias como o gaspacho. Têm um poder refrescante superior do que quando servidas quentes. Aproveite para colocar as suas capacidades culinárias a teste, passando algum tempo no grelhados. É uma excelente altura para comer peixe e marisco. Experimente aromatizar os seus grelhados com algumas ervas e sumo de limão, facilitando a sua digestão. As frutas são também uma importante fonte de água mas há que respeitar a quantidade consumida: 3 peças de fruta / dia são a quantidade correcta num adulto.

Nesta época do ano, as nossas necessidades hídricas aumentam pelo que deve consumir no mínimo 2 litros de água / dia. Aproveite alguns pedaços de fruta madura para aromatizar a água e assim facilitar o seu consumo. Evite os refrigerantes e as bebidas alcoólicas uma vez que promovem a desidratação.

E por fim, uma nota sobre os tão aguardados petiscos de verão: as amêijoas, os caracóis, o pica pau, todos eles equilibrados desde que acompanhe com uma boa salada, poupe no sal e tenha atenção ao pão!


NUTRICIONISTA CHMT – Joana Gonçalves

Governo de Portugal, Ministério da Saúde