Conteudo Skip Navigation Links
Skip Navigation Links
NOTÍCIAS
11-08-2017
Investimentos em curso no CHMT
A crescente atividade assistencial desenvolvida no Centro Hospitalar do Médio Tejo, em particular o aumento da atividade cirúrgica, tem imposto a necessidade de um maior investimento na aquisição de equipamentos.

A crescente atividade assistencial desenvolvida no Centro Hospitalar do Médio Tejo, em particular o aumento da atividade cirúrgica, tem imposto a necessidade de um maior investimento na aquisição de equipamentos.

Ao nível, por exemplo, do Bloco operatório foram já entregues no corrente exercício equipamentos no valor de mais de 100.000 euros.

Paralelamente a este investimento, o Conselho de Administração de Centro Hospitalar do Médio Tejo, e na sequência do esforço que tem vindo a realizar de dotar a Instituição de mais equipamentos e mais recursos humanos, deliberou já pela abertura do procedimento para a aquisição do aparelho de TAC para a Unidade hospitalar de Tomar.

Segundo o presidente do Conselho de Administração, Carlos Andrade Costa, “esta é uma decisão já deveria ter sido tomada há muitos anos atrás”, pois considera “fundamental que o CHMT tenha meios próprios para a realização de exames de Tomografia Axial Computorizada”

Espera-se que o TAC possa estar em funcionamento e ao serviço da população até ao final deste ano de 2017.

A par destes investimentos foram também iniciados o procedimento para a aquisição de um novo mamógrafo e o procedimento para aquisição de um novo software com up grade do sistema de digitalização, para o Serviço de Imagiologia que vai facilitar o acesso dos médicos à visualização de exames de diagnóstico.

A concretização dos investimentos realizados e previstos para o ano de 2017 representa um contributo importante no desenvolvimento e desempenho da atividade do Centro Hospitalar do Médio Tejo, em toda a sua estrutura, procurando desta forma beneficiar o maior conjunto possível das diferentes especialidades médicas.

O Conselho de Administração acredita que o esforço de investimento que tem vindo a ser feito tornará cada vez mais atrativo o CHMT, quer para os seus atuais profissionais quer para futuros profissionais, nomeadamente médicos.

Por outro lado, este mesmo esforço proporciona melhores condições de atendimento à população, melhorando as condições de diagnóstico e tratamento dos utentes do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Governo de Portugal, Ministério da Saúde