Conteudo Skip Navigation Links
Skip Navigation Links
NOTÍCIAS
06-12-2017
Está aberta a EXPOSIÇÃO DE NATAL do Hospital de Dia de Psiquiatria.
No Hospital de Dia de Psiquiatria do CHMT estão, atualmente, 17 utentes, entre as 9h00 e as 17h00. Durante o tempo que passam no Hospital participam em oficinas e atelier’s variados.

No Hospital de Dia de Psiquiatria do CHMT estão, atualmente, 17 utentes, entre as 9h00 e as 17h00. Durante o tempo que passam no Hospital participam em oficinas e atelier’s variados. Quando se aproxima a época natalícia os trabalhos são alusivos à festividade do Natal e é o resultado desse trabalho que está em Exposição: presépios, agendas, bolsas variadas, velas decorativas entre muitos outros objetos.

A orientação e supervisão da exposição está a cargo a técnica superiora de educação social, Elisa Marques, e do Enfermeiro Responsável pelo Hospital de Dia de Psiquiatria, Cesaltino Fontes. Mas os responsáveis pela exposição são os utentes do Hospital de Dia de Psiquiatria.

“Toda a Exposição de Natal é organizada pelos utentes do Hospital de Dia de Psiquiatria, com trabalhos que realizaram nas últimas três semanas. O objetivo é mostrarem aquilo que fazem em termos de oficinas, trabalhos manuais. São estimulados a trabalharem diferentes materiais e muito do trabalho é feito em equipa, em conjunto”, refere Cesaltino Fontes, enfermeiro responsável pelo Hospital de Dia de Psiquiatria.

Esta estimulação pelas artes já revelou alguns dotes desconhecidos: “às vezes somos surpreendidos com habilidades que os próprios utentes desconheciam. Muitas vezes ao terminarem um trabalho dizem: “eu não sabia que conseguia fazer isto”. São descobertas, também, muito positivas” refere Elisa Marques, técnica superiora de Educação Social.

As peças podem ser adquiridas, estando também esta gestão a cargo dos utentes do Hospital de Dia de Psiquiatria, como uma forma de incentivar os utentes à socialização. São eles que estão na sala de exposição, que organizam as peças e contactam com as pessoas.

“A atividade não tem fins lucrativos, sendo que as vendas realizadas reverterão para a compra de novos materiais. Esta é uma forma também de reconhecimento e estimulo”, sublinha Cesaltino Fontes.

A exposição está patente na primeira sala da entrada principal da Unidade Hospitalar de Tomar.


Governo de Portugal, Ministério da Saúde