Serviços Clínicos

O serviço de Urgência tem como missão prestar cuidados de saúde diferenciados e especializados em todas as situação clínicas de doença súbita em que está estabelecido ou eminente o risco de falência e/ou compromisso de uma ou mais funções vitais.

UNIDADE ABRANTES
Urgências Abrantes

Serviço de Urgência

  • Urgência Médico-cirúrgica
  • Urgência Obstétrica

Pré-Hospitalar

  • VMER – Viatura Médica de Emergência e Reanimação

Localização

  • Piso 2 e 5

Contacto

  • 241 360 700
UNIDADE TOMAR
Urgências Tomar

Serviço de Urgência

  • Urgência Básica
  • Atendimento de Psiquiatria (9h às 21h)

Pré-Hospitalar

  • 1 ambulância SIV – Suporte Imediato de Vida

Localização

  • Piso 2

Contacto

  • 249 320 100
UNIDADE TORRES NOVAS
Urgências TOrres Novas

Serviço Urgência

  • Urgência Básica
  • Urgência Pediátrica

Pré-Hospitalar

  • 1 ambulância SIV – Suporte Imediato de Vida

Localização

  • Piso 1

Contacto

  • 249 810 100

Para obter informações úteis sobre como atuar numa situação de emergência consulte, no separador lateral, a lista de contactos úteis em situações de emergência e as informações sobre o sistema de Triagem de Manchester.

 

Afogamento
Asfixia
Convulsão
Corpos Estranhos
Crise Asmática
Crise de Hipoglicémia
Desmaio
Doença Crónica
Eletrocussão
Entorse
Envenenamento
Epistaxis
Estado de Choque
Estrangulamento
Feridas
Fraturas
Golpe de Calor ou Insolação
Golpe de Frio
Hemorragias
Mordeduras
Paragem Respiratória
Picadas
Politraumatismo
Posição Lateral de Segurança
Queimaduras
Reanimação

Emergência Médica  112

Ligue para este número Gratuito em caso de acidente e se não souber a quem recorrer. Um técnico especializado irá reencaminhá-lo para o serviço que melhor o poderá servir.

Saúde 24  808 24 24 24

Bombeiros

Linha Verde  800 20 24 25

Serviço Nacional de Bombeiros  213 422 222

Urgências Pediátricas  808 24 24 00

Linha telefónica com serviço permanente (24 horas por dia, 7 dias por semana) de informação, aconselhamento e encaminhamento em cuidados de saúde para a criança.

Intoxicações  808 250 143

Em caso de envenenamento o piquete de urgência do centro está sempre pronto a atendê-lo e a prestar-lhe a informação que necessita.

Proteção Civil  21 42 47 100

A Proteção Civil é a instituição que coordena todas as operações para auxilio às populações em caso de catástrofes naturais, situações de guerra ou químicas ou radioativas.

Linhas de Apoio

Sexualidade em Linha  808 222 003

Linha verde de medicamentos e gravidez  800 20 28 44

Linha rara  707 100 200

Linha SOS Sida  800 20 10 40

Linha SOS Droga  1414

Linha SOS Grávida  808 20 11 39

Linha Cancro  808 255 255

Linha contra o Cancro  213 619 542

Linha do medicamento  800 222 444

Porquê um Sistema de Prioridades

  • As urgências Hospitalares existem para o atendimento rápido das situações de risco para a saúde, pelo que é claro que quanto mais grave a situação clínica mais rapidamente devem ser atendidos.

Se vier de um SAP, de outro Médico ou de Ambulância

  • Mesmo tendo sido enviado de um SAP, ou pelo Médico Assistente terá de ser avaliado na triagem de prioridades, e se a sua situação for considerada não urgente (azul) aguardará a sua vez, ou seja, quando não houver doentes mais graves.

Triagem de Prioridades

  • O sistema de triagem de Manchester, já em vigor em vários Hospitais do País, está acreditado pelo Ministério da Saúde, Ordem dos Médicos e ordem dos Enfermeiros.
  • Este sistema utiliza um protocolo clínico que permite classificar a gravidade da situação de cada doente que recorre ao Serviço de Urgência.

Como se faz a Triagem de Prioridades

  • Após efetuar a sua inscrição na Admissão de Utentes será encaminhado para um gabinete novo, onde será atendido por um Enfermeiro que lhe fará algumas perguntas sobre o motivo da sua vinda e após uma observação rápida, mas objetiva lhe atribuirá uma “cor”.

O que significam as cores

  • Existem 5 cores, vermelho, laranja, amarelo, verde e azul, cada uma representando um grau de gravidade e o tempo ideal em que o doente deverá ser atendido.

O que acontece de seguida

  • Se for considerado emergente (vermelho) entrará de imediato no balcão a que se destina;
  • Se for considerado muito urgente (laranja) ou urgente (amarelo) entrará para uma sala de espera interna onde o Médico o chamará para ser observado e tratado;
  • Se for considerado pouco urgente (verde) ou não urgente (azul) aguardará na sala de espera a sua vez, que será quando não houver doentes mais graves para serem tratados.

Informamos todos os utentes que se efetuam colheitas de sangue de segunda a sexta-feira, nas unidades de Abrantes, Tomar e Torres Novas.

Aos sábados, as colheitas são efetuadas pelo menos uma vez por mês em cada unidade Hospitalar, entre as 09h00 e as 14h00 (consultar Informação para dadores).

Informação para Dadores

Contactos

Abrantes: 241 360 722 (Telefone direto do Serviço de Sangue)

Tomar: 249 320 100 (Extensão 601550)

Torres Novas: 249 810 100 (Extensão 733315)


A maternidade do CHMT oferece-lhe

  • Uma equipa multidisciplinar de serviço;
  • Analgesia epidural disponível 24h por dia;
  • 5 salas de parto individuais;
  • Sala de reanimação de recém-nascidos;
  • Bloco cirúrgico;
  • Circuito externo de acesso aos acompanhantes com as condições físicas fundamentais para a sua permanência junto da parturiente;
  • As salas de trabalho de parto da maternidade do CHMT são individuais, permitindo à parturiente excelentes condições para o parto, com privacidade e acompanhamento de uma pessoa significativa (pai ou pessoa à escolha da parturiente) durante o parto e até duas horas após o nascimento do bebé.
A distribuição do Serviço está temporariamente sujeita às alterações inerentes ao novo espaço de funcionamento da Maternidade, na Unidade de Torres Novas.
Continuamos a prestar-lhe os nossos cuidados com o rigor e qualidade com que sempre nos comprometemos. 

 

Conheça a maternidade antes do bebé nascer*:

  • Todas as terceiras segundas-feiras de cada mês, das 17h00 às 19h00, mediante inscrição prévia nas sessões “Cuidar para Nascer
    Inscrições (até uma semana antes), através do e-mail: maternidade@chmt.min-saude.pt*Esta atividade está temporariamente suspensa devido ao Plano de Contingência – COVID 19

 

Áreas de intervenção

OBSTETRÍCIA
CONSULTAS INTERRUPÇÃO VOLUNTÁRIA DA GRAVIDEZ
  • Obstetrícia Geral
  • Adolescentes
  • Alto Risco
Aplicação da lei nº16/2007 e da portaria nº741-A/2007(IVG até às 10 semanas), tendo protocolo com clínica privada para a sua execução.

Informações: Através da linha telefónica direta – 912 536 638 (de 2ª a 6ª das 9h30 às 16h30).

Nota: Unidade Coordenadora Funcional do Ribatejo Norte – CHMT, EPE, Centros Saúde: Abrantes, Alcanena, Barquinha, Constância, Entroncamento, Fátima, Ferreira do Zêzere, Golegã, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas.

 

 

Visitas

Visite o seu Bloco de Partos antes do bebé nascer*:

  • Todas as terceiras segundas-feiras de cada mês, das 17h00 às 19h00, mediante inscrição prévia nas sessões “Cuidar para Nascer
    Inscrições (até uma semana antes), através do e-mail: maternidade@chmt.min-saude.pt*Esta atividade está temporariamente suspensa devido ao Plano de Contingência – COVID 19

 

Horário das visitas (em Internamento de puerpério/ginecologia)*:

*De acordo com o Plano de Contingência – COVID 19, as visitas estão temporariamente suspensas.
O acompanhante – apenas 1 pessoa designada como acompanhante –  deverá informar-se no Serviço qual o horário permitido para visita.

Informações

Telefone: 249 810 100


Se Vier a uma Consulta

Dirija-se ao balcão, Central de Consultas ou Serviço onde vai realizar o exame com, pelo menos 15 minutos de antecedência da hora da marcação.

Deve trazer

  • Documento comprovativo da marcação da consulta;
  • Exames anteriores;
  • Medicação que está a tomar;
  • Cartão de Utente ou Cartão de Cidadão;
  • Documento comprovativo de isenção, se for o caso.

Unidade de Abrantes
Tel. 241 360 700
Unidade de Tomar
Tel: 249 320 100
Unidade de Torres Novas
Tel: 249 810 100

Se Vier a uma Sessão de Hospital de Dia

O Hospital de Dia é um Serviço onde os utentes podem fazer tratamentos demorados e/ou com produtos de utilização exclusiva hospitalar, em ambiente resguardado, sem necessitarem de internamento.

 

Sempre que vier a uma sessão de Hospital de Dia dirija-se ao balcão/secretariado para efetivação do tratamento, fazendo-se acompanhar de:

  • Documento comprovativo da marcação;
  • Exames anteriores;
  • Medicação que está a tomar;
  • Cartão de Utente ou Cartão de Cidadão;
  • Documento comprovativo de isenção, se for o caso;
  • Roupa e calçado confortável.

 

As refeições, em caso de tratamentos prolongados, são coordenadas pela equipa.

Ao longo dos tratamentos poderá estar acompanhado/a por pessoa representativa, apesar de nalguns momentos poder ser necessária a sua saída temporária.

Em caso de tratamentos prolongados pode trazer algo que o ajude a ocupar o tempo de permanência.

No momento da saída certifique-se com o secretariado que está tudo em ordem para regressar a casa.


O Hospital de Dia de Diabetes destina-se a proporcionar ao utente com diabetes um acompanhamento periódico e que contemple as várias vertentes do tratamento (educação, monitorização, prevenção e tratamento de complicações), proporcionando-lhe as ferramentas necessárias para que possa colaborar ativamente no controlo da sua doença, preferencialmente com o envolvimento da família/cuidador.

 

Departamento: Área Médica

Diretor de Departamento: Edgar Pereira

Coordenadora do Serviço: Cristina Gonçalves

Enfermeira Coordenadora: Carla Monteiro


Atividade desenvolvidas

Sessões em grupo:

  • Sou diabético: e agora? (o que é a diabetes; o papel do doente no controlo da doença; noções básicas sobre adequação do estilo de vida; autocontrolo);
  • Alimentação e Atividade física;
  • Insulinoterapia e hipoglicemia;
  • Contagem de hidratos de carbono.

As sessões de grupo são agendadas em função do número de doentes e das necessidades de formação detetadas.

Os doentes são distribuídos de acordo com o tipo de Diabetes, a idade, a área de residência e os objetivos terapêuticos.

Em sessões pré-definidas, são chamados a participar familiares/cuidadores dos doentes.

Sessões Individuais:

  • Autocontrolo;
  • Autoadministração de insulina;
  • Avaliação do pé/estratificação do grau de risco;
  • Autoexame dos pés;
  • Cuidados dos pés;
  • Alimentação e atividade física.

Área Pediátrica:

Acompanhamento periódico e que contemple as várias vertentes do tratamento da criança com diabetes (educação, monitorização, prevenção e tratamento de complicações).


Horário

  • De segunda a sexta-feira, das 9h00 às 16h00

Localização

  • Piso 5 da unidade Hospitalar de Tomar

Contactos

Em Setembro de 2015 foi inaugurada a nova Unidade de Diálise, que se encontra instalada no 5º piso da unidade de Torres Novas, incluindo as duas técnicas essenciais, hemodiálise e diálise peritoneal. Com esta nova unidade conseguiu-se a duplicação do nº de postos de diálise, de 11 para 22. Esta unidade está equipada com monitores de última geração, cadeirões para diálise e com o upgrade do sistema de tratamento de águas, que permite obter o que se designa por água ultra pura. Tudo isto permitiu o início do tratamento com uma nova tecnologia de diálise designada por hemodiafiltração online (HDFol). Para além desta nova técnica, continuam a executar-se as restantes técnicas dialíticas, nomeadamente hemodiálise convencional, hemodiafiltração, plasmaferese e hemoperfusão.

É uma Unidade Central, de acordo com a legislação em vigor, com a qual se articulam as restantes Unidades de Diálise da Região de Santarém, denominadas Unidades Periféricas.

A Unidade dispõe de 5 salas com 20 postos de diálise, destinadas ao tratamento dos doentes insuficientes renais crónicos terminais em hemodiálise. Dispõe também de 1 sala de positivos com dois postos de diálise, destinada exclusivamente ao tratamento de doentes insuficientes renais crónicos terminais em hemodiálise que são portadores de Hepatite B. A Sala de Tratamento desta Unidade de Diálise do Serviço de Nefrologia destina-se aos doentes que necessitam de se submeter à remoção ou colocação de cateteres de hemodiálise.  O Serviço tem desde julho 2012 um Centro de Tratamento de Acessos Vasculares para Hemodiálise. A existência deste Centro evita a deslocação dos doentes a outra instituição para a realização do procedimento cirúrgico.


Departamento:
Área Médica

Diretor de Departamento: Edgar Pereira

Diretor de Serviço: Ana Vila Lobos

Enfermeira Coordenadora: Margarida Carmo

Enfermeira responsável: Telma Matias


RECURSOS HUMANOS

Equipa médica: 6 Médicos especialistas 4 Médicos internos

Equipa de enfermagem: 25 Enfermeiros

Outros profissionais 3 Secretárias 14 Assistentes operacionais


Morada

Piso 5 – Unidade de Torres Novas Av. Xanana Gusmão – Ap. 45 2350-754 Torres Novas

Contacto:

Tel.: 249 810 160

Pelas suas particularidades, o cancro tem um impacto significativo no doente e sua família ao longo das diversas fases da doença, desde o diagnóstico até à fase de tratamento paliativo, aumentando as necessidades de cuidados.

O Hospital de Dia de Oncologia tem como missão a prestação de cuidados à pessoa/família com doença oncológica, em todas as fases da sua doença, de uma forma holística e humanizada. A prestação de cuidados decorre em ambulatório, uma forma eficiente de resposta às necessidades dos doentes oncológicos, dado que permite a prevenção, deteção precoce e abordagem terapêutica das complicações associadas quer à doença quer ao tratamento, minimizando o impacto da permanência no hospital.

O Hospital de Dia de Oncologia tem como objetivo primordial proporcionar aos utentes um atendimento de qualidade; promover a uniformização dos cuidados a prestar; contribuir de forma positiva para o processo de aceitação e adaptação da situação de doença; identificar as necessidades específicas da pessoa/família com doença oncológica; instruir os utentes e família sobre o plano terapêutico instituído, no sentido de minimizar complicações e desenvolver uma estrutura de apoio, informação e ensino aos utentes e seus familiares/cuidadores.

 

Departamento: Área Médica

Diretor de Departamento: Edgar Pereira

Coordenador: Diamantino Domingos

Enfermeira Coordenadora: Margarida Carmo

Enfermeira responsável: Fernanda Vital

 

RECURSOS HUMANOS

Os recursos humanos do Hospital de Dia de Oncologia englobam diferentes grupos profissionais, constituindo uma equipa multidisciplinar. Os profissionais da equipa desenvolvem a sua atividade entre as duas Unidades do CHMT (Tomar e Torres Novas).

Equipa Médica

  • 3 Oncologistas – um deles a tempo inteiro.
  • Na Unidade de Torres Novas, o Hospital de Dia conta com a colaboração de um clínico geral.

Equipa de Enfermagem

  • O Hospital de Dia de Oncologia possui uma equipa de enfermagem única, constituída por nove elementos, dividida pelas Unidades de Tomar e de Torres Novas.

Assistentes

  • O Hospital de Dia de Oncologia conta ainda com a colaboração de duas assistentes técnicas e dois assistentes operacionais.

Apoio de Outros Profissionais

  • Técnicas superiores dos Serviços Farmacêuticos: apoio diário, para gestão e uso da medicação;
  • Assistente Social: avaliação sistemática dos doentes por este profissional aquando da admissão no serviço, bem como apoio diário mediante sinalização da equipa para avaliação de situações sociofamiliares problemáticas e seu encaminhamento.
  • Técnico de Alimentação e Dietética: mediante sinalização da equipa para apoio a situações específicas.
  • Psiquiatra e Psicólogo: mediante sinalização da equipa para apoio a situações específicas.


VISITAS E ACOMPANHANTES

  • Sempre que possível, é facilitado o acompanhamento dos doentes durante toda a sua permanência para realização de consultas ou tratamentos.

Localização

  • Unidade de Tomar – Piso 2
  • Unidade de Torres Novas – Piso 1

Contacto: 249 320 100

Departamento: Área Médica

Diretor de Departamento: Edgar Pereira

Diretora de Serviço: Luísa Delgado

Enfermeira Coordenadora: Margarida Carmo

Enfermeiro responsável: Rogério Palácio

 

Este serviço desenvolve a sua atividade nas seguintes áreas:

Urgência

  • Unidade de Tomar – Piso 2

Consulta

  • Consulta da especialidade e subespecialidades:
    • Unidade de Tomar – Piso 2

Internamento

    • Unidade de Tomar – Piso 6

Hospital de Dia

    • Unidade de Tomar – Piso 2

Perícias forenses

    • Unidade de Tomar – Piso 2


Contacto: 249 320 100

Imuno-hemoterapia

Diretora de Serviço: Leonor Gonçalves

Técnico Coordenador: Manuel Roque

 

Este serviço desenvolve a sua atividade nas seguintes áreas:

Urgência

  • Médico-cirúrgica:
    • Unidade de Abrantes – Piso 2

Consulta

  • Consulta da especialidade e subespecialidades:
    • Unidade de Abrantes – Piso 2
    • Unidade de Tomar – Piso 2
    • Unidade de Torres Novas – Piso 1

Internamento

Apoio aos internamentos a pedido dos serviços

Bloco Operatório

Apoio aos internamentos a pedido dos serviços

Hospital Dia

  • Unidade de Abrantes
  • Unidade de Tomar
  • Unidade de Torres Novas

MCDT’s

Exames efetuados para pedidos internos

Transfusões
Unidade de Abrantes – Piso 3
Unidade de Tomar – Piso 2
Unidade de Torres Novas – Piso 1

Flebotomias
Unidade de Abrantes – Piso 3
Unidade de Tomar – Piso 2
Unidade de Torres Novas – Piso 1

Contacto: 249 810 100

Se For Internado

Será acolhido no Serviço por um enfermeiro que ficará responsável por si. Ser-lhe-ão feitas algumas perguntas para conhecermos melhor a sua situação e prestar-lhe os cuidados mais adequados. Ser-lhe-ão também dadas informações sobre as rotinas do Serviço. Deve informar o enfermeiro, quem, para além de si, recebe informações (nome e contacto).

Deverá trazer:

  • Medicamentos que esteja a tomar;
  • Exames anteriores;
  • Objetos de uso pessoal como próteses, óculos, escova e pasta de dentes, espuma/creme de barbear, sabonete, champô, pente, roupa interior, chinelos (que não escorreguem), pijama e roupão (durante o internamento pode usar o seu pijama e chinelos);
  • Roupa para quando tiver alta.

Não deve trazer:

  • Objetos de valor, como joias e/ou adornos, nem dinheiro e/ou cheques.

Evite ter consigo:

  • Flores naturais;
  • Alimentos ou bebidas (exceto água).

Espólio:

Por razões de funcionalidade e de segurança os valores e bens dos utentes são sujeitos a espólio, nas situações de internamento.

Assim que for internado e caso tenha oportunidade, entregue os seus objetos de valor aos seus familiares ou amigos.

Consentimento informado:

Para ser internado o médico irá solicitar-lhe o seu consentimento.

Também durante o internamento lhe será solicitado o consentimento sempre que houver necessidade de fazer algum exame ou terapêutica que o exija.

A sua identificação:

Ao ser internado, colocar-lhe-ão uma pulseira com o seu nome, a data de nascimento e o número do seu processo clínico. É com base nesta identificação que lhe serão prestados os cuidados. Antes da administração de medicamentos, de transfusões de sangue ou antes da realização de um exame, estes dados serão verificados.

Alimentação:

  • Pequeno-almoço – 08h30
  • Almoço – 12h30
  • Lanche – 16h00
  • Jantar – 19h00
  • Ceia – 22h00

Lembre-se que a alimentação faz parte do tratamento, por isso deve respeitar as indicações da equipa clínica.

O Centro Hospitalar dispõe de dietistas que zelam pelas suas necessidades nutricionais.

Qualquer assunto relacionado com a sua dieta poderá ser esclarecido pelo dietista. Se tiver dúvidas, fale com o seu enfermeiro, indicando-lhe, por exemplo, de que alimentos não gosta. Este, fará chegar a informação aos dietistas.

Visitas:

Os doentes internados necessitam de um ambiente calmo e de proteção do risco de infeção, pelo que há restrições em relação às visitas, com períodos específicos para cada Serviço. Informe-se junto da Equipa de Enfermagem.

A autorização de entrada de crianças com 12 anos, ou menos, é dada pelo enfermeiro responsável pelo utente.

Acompanhante:

Em alguns serviços, durante o internamento, pode ter um acompanhante.

Ao acompanhante é fornecida uma senha para refeições, mediante determinados critérios. Solicite mais informações ao enfermeiro do Serviço.

O acompanhante deve fazer interligação entre a Equipa de Saúde e a família, colaborar no plano terapêutico de cuidados e participar na preparação da alta.

Informação:

Cada Serviço de Internamento tem definido horário para:

  • Informação presencial – médica ou de enfermagem – ao cuidador indicado pelo utente;
  • Informações telefónicas, dadas de forma sucinta.

Solicite junto do enfermeiro o respetivo horário.

Preparação para a alta:

A sua alta é prevista e planeada com antecedência.

No dia da alta ser-lhe-ão entregues os seguintes documentos:

  • Nota de alta para o doente e médico de família;
  • Carta de referência de enfermagem;
  • Atestado, se necessário;
  • Declaração de internamento para comprovar a hospitalização;

Confirme se lhe são entregues todos os documentos.

Transporte:

O regresso ao domicílio é da sua responsabilidade.

O CHMT assegura o transporte apenas em situações excecionais devidamente identificadas e justificadas pela equipa de cuidados. Nestes casos o transporte é justificado pelo médico.

A decisão de sair:

Só o seu médico pode decidir a sua saída do Hospital, mas respeitamos a sua liberdade. Assim, se pretender sair sem autorização médica, deverá assumir essa responsabilidade por escrito.

Continuação de tratamento:

Se após o internamento tiver de continuar determinado tratamento, este ser-lhe-á prescrito pelo médico, assim como toda a medicação de que necessitar.

Antes de ter alta esclareça todas as dúvidas e confirme, com os profissionais, as orientações sobre os cuidados a ter em casa (por exemplo, com medicação e tratamentos).



 


Especial de exemplo com Tabs Template


 

exemplo de página filha com default template


teste

Página filha com tabs fields template


Página filha com tabs fields template