Marmitas Saudáveis no Dia Mundial da Alimentação

Dá mais trabalho, mas compensa. Preparar o almoço em casa, para levar marmita para o trabalho, ajuda a poupar e a garantir que come alimentos que escolhe, com qualidade e em quantidade adequada.

Esta foi a premissa para o início do workshop “Marmitas Saudáveis”, que a USF do Almonda realizou no auditório da Unidade de Torres Novas, no Dia Mundial da Alimentação.

Desde a importância da qualidade e variedade dos alimentos a colocar na marmita, à forma como alguns alimentos devem ser aquecidos, para que este processo não altere a sua composição e consequentes benefícios para a saúde, Rita Roldão, nutricionista, deu exemplos, dicas e guiou a assistência através de sugestões de mudanças positivas que a preparação da marmita pode introduzir na alimentação diária.

A nutricionista realçou a importância da criação de hábitos alimentares saudáveis desde cedo, apresentando os lanches que se preparam para os mais pequenos levarem para a escola, como uma boa oportunidade de educação alimentar. A alternativa passa por escolher vários grupos de alimentos não processados, equilibrados e coloridos, que atraiam os mais novos para opções que podem ser muito saborosas e mais saudáveis.

No workshop foram, ainda, apresentados vídeos com várias opções saudáveis, que demonstraram a facilidade e rapidez de preparação de uma marmita.

Pedro Sousa, diretor da USF do Almonda reforçou a importância de uma alimentação variada na promoção da saúde, assim como dos benefícios na escolha do tipo e quantidade de alimentos, na hora de constituir as ementas semanais para toda a família.

Partilhar: